terça-feira, 31 de dezembro de 2013

Se Aprochegue, 2014!

 Como é costumeiro, os eventos de fim de ano têm que ser inusitadamente cômicos. Comigo não é diferente (ou só acontece comigo...não sei rs). 2013 foi um ano marcante e sangrado, daqueles que a gente passa se arrastando. Também foi ano de muitas aprendizagens, vivências e limpeza nas lentes que utilizo para enxergar o que julgo ser o Uno no verso. Todo ano é repleto de ciclos e representa também o encerramento dos mesmos. Os meus se encerraram da forma mais cômica possível. Contando sem revelar, passei a virada do ano num prédio perto da praia de Boa Viagem. A certeza de que nada do que vi representava La Belle De Jour foi revigorante. 

 Quando falo em encerramento de ciclos, é mais ou menos isso:



 No mais, meu livro de Leminski me espera.

P.S.: Lembro de 2013 como se fosse ontem...

Um comentário: