domingo, 9 de novembro de 2014

ENEM de Todos os Ardores

Como a dor de cabeça do segundo dia do ENEM, me surge "Publicidade Infantil" como tema da redação...fiz o que pude.

"A publicidade, como meio de mudança social, revelou-se uma poderosa ferramenta e uma arma em potencial. Se utilizada visando o incentivo à conscientização e à emancipação política dos seres humanos, ela cumpre o seu papel social. Não obstante, o uso indevido da mesma pode gerar consequências catastróficas.

No século XX, a publicidade serviu principalmente para fundamentar e solidificar regimes autoritários, fascistas e genocídios baseados nas razões de Estado. Apenas com a declaração dos direitos humanos pode-se determinar parâmetros de controle da máquina publicitária.

A abertura da discussão sobre a legalidade da publicidade infantil no Brasil é um grande avanço político no que concerne à proteção dos seres humanos em formação da força massificadora e alienadora do Capital. É latente a necessidade da proibição da publicidade infantil, garantindo assim uma pressão mercadológica mais amena sobre a população infantil e uma maior autonomia para a formação dos futuros cidadãos brasileiros.

Deve-se, portanto, concretizar o papel de mudança social da publicidade restringindo a publicidade tendenciosa infantil e tendo como base a Declaração Universal dos Direitos Humanos. Seguir essas indicações implica em agir pelo bem do futuro da sociedade brasileira."


Como querer caetanear o que há de bom?!




Um comentário: